Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
​​

Candidaturas:

​1ª Fase - 01 de julho a 20 de setembro | 2019

2ª Fase - 11 a 22 de novembro | 2019

População alvo

Alunos altamente motivados com interesse no domínio da Psicologia Aplicada. Pretendemos formar alunos com elevadas competências, que tenham o grau de Mestre​, ou equivalente (300 ECTS).​


Condições de acesso e ingresso

Podem candidatar-se ao Programa de Doutoramento em Psicologia Aplicada: a) Os titulares do grau de Mestre ou equivalente legal; b) Os titulares do grau de licenciado, com pelo menos 300 ECTS, detentores de um currículo escolar e científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para realização do Doutoramento pelo Conselho Científico da Escola de Psicologia, sob proposta do Conselho de Departamento de Psicologia Aplicada, ouvida a Comissão Directiva; c) Os detentores de um curriculum escolar, científico ou profissional reconhecido como atestando capacidade para realização do Doutoramento pelo Conselho Científico, sob proposta do Conselho de Departamento de Psicologia Aplicada, ouvida a Comissão Directiva.

Para além do Curriculum Vitae (CV), o candidato tem de submeter um projecto de investigação num dos domínios abrangidos por este programa (Psicologia Clínica, Psicologia Forense, Psicologia Educacional). Antes de submeter o projeto, como parte do processo de candidatura, os candidatos devem discutir o mesmo com um possível orientador do Departamento de Psicologia Aplicada da Escola de Psicologia da Universidade do Minho (ver neste site lista de docentes), dado que os alunos irão integrar uma das equipas de investigação.

O projecto submetido deve indicar, a seguir ao título, o nome do candidato e o do orientador.

O CV deve ser organizado nos seguintes pontos:

  • Identificação;
  • Graus e Classificações académicas;
  • Experiência de investigação (e.g. tipo de investigação, actividades de investigação desenvolvidas, equipa em que esteve inserido, tempo em actividades de investigação);
  • Apresentações orais em encontros científicos (descritas segundo normas APA);
  • Outras apresentações em encontros científicos (descritas segundo normas APA);
  • Publicações científicas (descritas segundo normas APA);
  • Outros dados curriculares​ relevantes.​

  • Adicionalmente, ou em alternativa, poderão submeter o link para o exemplar pessoal do Ciência Vitae (https://www.cienciavitae.pt) ou sistema semelhante (e.g., currículo lates http://lattes.cnpq.br)​

    ​Seleção e critérios de seriação

    A seleção dos candidatos decorre em duas fases. Na primeira fase iremos ter em consideração os critérios seguintes, para efeitos de seriação e de seleção:

    Primeira fase: Avaliação do CV (até 100 pontos):
    i. Classificações academicas (até 15 pontos):
    0 pontos – 300 ECTS ou licenciatura pré-Bolonha com classificação abaixo de 14.
    5 pontos - 300 ECTS ou licenciatura pré-Bolonha com classificação de 14 ou 15.
    10 pontos - 300 ECTS ou licenciatura pré-Bolonha com classificação de 16.
    15 pontos - 300 ECTS ou licenciatura pré-Bolonha com classificação acima de 16.
    Realização de mestrado pré-Bolonha: 5 pontos extra (até ao máximo de 15 pontos)

    ii. Experiência de investigação (até 25 pontos):
    0 pontos – ausência de experiência.
    5 pontos – experiência ocasional em equipas de investigação.
    15 pontos – experiência de ter feito parte de uma equipa de investigação.
    25 pontos – experiência como bolseiro.

    iii. Apresentações orais em comunicações científicas (até 20 pontos):
    0 pontos – ausência de apresentações (posters não serão considerados).
    5 pontos – até 2 apresentações em conferências nacionais.
    10 pontos – mais de 2 apresentações em conferências nacionais.
    15 pontos – até 2 apresentações em conferências internacionais.
    20 pontos – mais de 2 apresentações em conferências internacionais.

    iv. Publicações científicas (até 40 pontos):
    0 pontos – ausência de publicações
    5 pontos – até 2 publicações nacionais.
    10 pontos – mais de 2 publicações nacionais.
    15 pontos – 1 publicação internacional. 
    25 pontos – 2 publicações internacionais ou 1 artigo indexado no Journal of Citation Index.
    40 pontos – 2 ou mais artigos indexados no Journal of Citation Index.

    (Nota: sempre que mais do que uma categoria é obtida (e.g. publicações nacionais, publicações internacionais) é classificada a mais elevada)

    Segunda fase: Avaliação do projecto de investigação
    i. Organização: Está o projecto bem organizado? (0 – 20 pontos).
    ii. Relevância: O projeto centra-se num problema importante ou central para o domínio de investigação? Qual é a contribuição esperada da investigação? Se os objetivos forem atingidos, qual é o impacto esperado? (0 - 20 pontos).
    iii. Inovação: O projeto contribuiu de uma forma original para a investigação aplicada, tem por objetivo melhorar práticas existentes, ou estudar fenómenos psicológicos complexos considerados relevantes? (0 - 20 pontos).
    iv. Metodologia: É a metodologia adequada aos objetivos do estudo?
    v. Impacto internacional: É o projeto adequado para disseminação e publicação internacional? (0-20 pontos)

    A classificação final resulta da soma da fase 1 e da fase 2.​


    Datas Importantes

    1ª FaseDeAté​
    Candidatura online01/jul/201920/set/2019
    Seleção e classificação (incluindo entrevista)23/set/201927/set/2019
    Notificação de candidatos por email30/set/2019 - 07/out/2019
    Período de audiência aos interessados8/out/201921/out/2019

    Procedimentos com Serviços Académicos

    Período de inscrição (os candidatos devem aceitar ou recusar durante este período)

    22/out/2019

    31/out/2019

    30/out/2019

    8/nov/2019

    ​2ª Fase (* veja nota abaixo) ​ ​
    Segundo período de candidaturas online 11/nov/201922/nov/2019
    Seleção e classificação (incluindo entrevista)25/nov/20192​9/nov/2019
    Notificação de candidatos por email2/dez/2019
    Período de audiência aos interessados3/dez/201916/dez/2019

    Procedimentos com Serviços Académicos

    Período de inscrição (os candidatos devem aceitar ou recusar durante este período)

    17/dez/2019

    2/jan/2020

    27/dez/2019

    9/jan/2020

    Início de aulas em fevereiro de 2020 ​ ​​
    * O segun​do período de candidaturas apenas decorrerá no caso de existirem vagas remanescentes da 1ª fase de candidatura.​

    Como Concorrer

    Documentos:

    Acesso ao programa <pdf>

    ​Modelo de Projeto <pdf>

    Formulário <doc> <pdf

    Formulário CPLP <doc> <pdf>


    A candidatura a este curso é realizada online.​ (https://aluno​s.uminho.pt/PT/candidatos/Doutoramentos/​)

    Os resultados de seleção são divulgados no portal académico da Universidade​.​