Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
​​

Perguntas Frequentes

 

CANDIDATURA, I​NSCRIÇÃO, PAGAMENTOS….

 

1.      Como me posso candidatar ao Doutoramento?

Na página oficial da Escola de Psicologia www.psi.uminho.pt no link "Ensino" clicando no Doutoramento que pretender candidatar-se, obtém a informação do período de candidatura e como se candidatar (documentos necessários à candidatura).

 

2.      Qual a duração do curso de doutoramento?

O curso tem a duração de 3 anos, podendo ser realizado em 4 anos.

Poderá no entanto realizar ​em regime de tempo parcial, não podendo ultrapassar 5 ou 6 anos de duração, consoante a duração normal do doutoramento.


3.      Quando começam as aulas? A presença às aulas é obrigatória?

O início do curso de doutoramento é no 2º semestre do ano letivo em que se candidata (por exemplo se se candidata em 2016, para iniciar no ano letivo 2016/2017, o curso começa em fevereiro de 2017. Sim, é obrigatória a presença do aluno por se tratar de curso com parte curricular, com avaliações e apresentação de trabalhos.

 

4.      Eu candidato-me. E depois?

A sua candidatura será analisada por um júri de seleção e seriação dos candidatos, daí resultando o apuramento do resultado de admitido ou não admitido, devidamente fundamentado em ata que será homologada pelo Presidente da Escola. Esta informação é posteriormente comunicada aos candidatos, podendo estes no prazo de 10 dias úteis pedir algum esclarecimento sobre a decisão do júri.

 

5.      Sou admitido. O que faço a seguir?

A Escola comunica aos Serviços Académicos a lista dos candidatos admitidos. Os Serviços Académicos (SAUM) enviam aos candidatos por SMS ou e-mail a indicação do login e password para que possa fazer a sua inscrição/matrícula na UMinho, através do Portal Académico.

 

6.      E se não consigo aceder ao Portal Académico?

Envie um e-mail para os SAUM, através do e-mail pos.graduacao@saum.uminho.pt

 

7.      Qual o valor da propina?

O valor das propinas é fixado anualmente através de Despacho RT. Publicado no Portal Académico dos Serviços Académicos da UMinho. Atualmente o valor é 2 750€

 

8.      Pretendia efetuar o pagamento da propina mas as prestações não estão lançadas no Portal Académico. O que devo fazer?

As prestações da propina são lançadas no Portal Académico no mês estabelecido no despacho reitoral. Só após as prestações serem lançadas é que poderá proceder ao pagamento da propina.

 

9.      Como posso fazer o pagamento das propinas?

O pagamento das propinas pode ser efetuado através de Multibanco (pagamento de serviços) ou de Cartão de Crédito. Para gerar as referências multibanco ou escolher a opção de pagamento por Cartão de Crédito deve aceder ao Portal Académico, com o seu login e password, e selecionar na opção "Pagamentos" a forma de pagamento pretendida.

 

10.  Efetuei o pagamento da 1ª prestação da propina. Como posso ter acesso ao recibo de pagamento?

Os recibos referentes ao pagamento de propinas são disponibilizados automaticamente no Portal Académico, na sua página pessoal, pelo que poderá proceder diretamente à sua impressão.

 

11.  Já efetuei o pagamento da propina mas o recibo não se encontra na página do e-fatura da Autoridade Tributária (AT). Como vão ser comunicadas estas despesas à AT?

Os estabelecimentos de ensino superior público estão dispensados de emitir fatura, estando apenas obrigados a comunicar à AT os valores das propinas e demais encargos considerados dedutíveis, até ao fim do mês de janeiro do ano seguinte àquele em que ocorreu o respetivo pagamento. Desta forma, a Universidade do Minho irá comunicar à AT os valores de propinas pagos do ano em curso até ao final do mês de janeiro do ano seguinte.

 

12.  Perdi as referências multibanco para o pagamento da propina. Tenho que gerar novas referências?

Não. Pode consultar e imprimir, novamente, as referências multibanco das prestações da propina no Portal Académico, acedendo com o seu login e password e selecionando na opção "Pagamentos" a forma de pagamento "MB".

 

13.  Se efetuar o pagamento na totalidade da propina tenho desconto?

Não está previsto qualquer desconto para o pagamento antecipado da totalidade da propina.

O valor das propinas e os planos de pagamento para cada ano letivo são fixados por Despacho RT.

 

14.  Como devo fazer para efetuar o pagamento das prestações da propina em atraso? Tenho que gerar novamente as referências multibanco?

Não. O pagamento das prestações da propina em atraso pode ser efetuado através de Cartão de Crédito ou através de Multibanco. Caso efetue o pagamento através de Multibanco deve utilizar as referências que já gerou no Portal Académico para o efeito, que se mantêm válidas após a data limite de pagamento.

 

15.  Se não efetuar o pagamento das prestações da propina nas datas previstas para o efeito que penalizações posso ter?

O pagamento da propina fora dos prazos estabelecidos será acrescido de juro à taxa legal, sendo entretanto suspensos os atos administrativos, nomeadamente as inscrições para exames e a emissão de certidões, entre outros. Será, também, limitado o acesso ao Portal Académico.

 

16.  Não efetuei o pagamento das prestações da propina nos prazos estabelecidos para o efeito. Como devo fazer para pagar os juros de mora?

Os juros devidos pelo atraso no pagamento da propina são calculados e lançados no Portal Académico após ser efetuado o pagamento da totalidade da propina. 

O pagamento dos juros deve ser efetuado através de Cartão de Credito ou Multibanco, utilizando a referência que pode gerar no Portal Académico para o efeito.

 

17.   Já paguei hoje de manhã as propinas no multibanco mas continua a aparecer no Portal Académico a informação de pagamento irregular. Porquê?

Os pagamentos de propinas não são lançados no sistema no próprio dia do pagamento, mas apenas no dia útil seguinte, desde que realizados até às 20 horas.

 

18.  Tenho um pedido pendente para concessão de inscrição em regime parcial. Devo aguardar a resposta ao pedido para efetuar o pagamento da propina?

Não. No caso de ter um pedido pendente para concessão de inscrição em regime parcial, até obter uma resposta definitiva ao seu pedido, deve efetuar o pagamento das prestações que entretanto vencerem, dentro dos prazos estabelecidos para o efeito. Após resposta ao pedido efetuado e no caso de alteração do valor da propina, será ajustado o valor das prestações não vencidas

 

19.  Sou aluno/a bolseiro/a da FCT. Como é feito o pagamento?

A FCT faz diretamente o pagamento da propina à UMinho, mas notifica o aluno de quando envia o pagamento UMinho, que devem dar conhecimento aos SAUM.

 

20.  Sou aluno/a. Que direitos tenho?

Tem direitos mas também deveres, que constam no Regulamento Académico da Universidade do Minho (RAUM) publicado em Diário da República, 2ª Série – Nº 156 – de 14 de agosto de 2014. A sessão V é especificamente sobre a atribuição do grau de doutor, encontra-se disponível no Portal Académicos dos SAUM e na página oficial da Escola em Documentos de Referência.

 

 

FUNCIONAME​NTO DO PROGRAMA

 

21.  Como tenho acesso ao horário?

A Comissão Diretiva do Programa Doutoral envia um e-mail aos alunos com o horário contendo a sala e as horas. Também pode verificar na página oficial da Escola no link "Ensino".

 

22.  Como se justificam as faltas?

A relevação de faltas depende da apresentação pelo estudante à Comissão Diretiva, que informa o docente, de documento comprovativo emitido pela entidade competente, no prazo máximo de 20 dias após a ocorrência da falta.

O documento mencionado deve indicar explicitamente:

a) O período exato de tempo a que a justificação respeita;

b) As UCs a cujas aulas ou avaliações faltou.

No caso de falta a uma prova de avaliação pelo motivo apresentado, será marcada nova data para a realização da mesma. A Comissão Diretiva do Curso funciona como instância de recurso quanto à aplicação da regalia.

 

23.  Sou aluna e estou grávida. Estou abrangida por algum regime especial?

Sim, pode consultar o Regulamento Académico na Subsecção VI – Maternidade e paternidade – do artigo 51º ao artº 53º. No Portal Académico dos SAUM no link "Impressos" tem toda a informação (requerimento).

Se a gravidez for de risco, poderá apresentar atestado médico acompanhado da declaração do médico assistente, devendo apresentar através do Portal Académico o preenchimento de um requerimento a dar conhecimento. Por sua vez, os SAUM enviarão para a Escola.

 

24.  Tenho algum benefício na apresentação de documentos referentes a gravidez, apoio a filhos, doença prolongada?

Sim, nos termos do artº 53ª do RAUM. A contagem do seu percurso de doutoramento é interrompida pela duração dos referidos atestados, que no final serão contabilizados para a conclusão do seu doutoramento.

 

25.  Sou trabalhador/a. Tenho direito ao estatuto de trabalhador estudante?

Sim, deve requerer nos SAUM no prazo de 30 dias após a inscrição e comprovar a sua qualidade de trabalhador por uma das seguintes formas:

a) Declaração do respetivo serviço, atualizada, assinada e devidamente autenticada com carimbo ou assinatura reconhecida, tratando-se de trabalhador do Estado ou de outra entidade pública;

b) Declaração da entidade patronal, atualizada, assinada e devidamente autenticada com carimbo ou assinatura reconhecida, com indicação do número de beneficiário da Segurança Social ou, em alternativa, acompanhada de declaração comprovativa de inscrição na Caixa de Previdência ou, ainda, de mapa atualizado de descontos para a Segurança Social ou de recibo de vencimento atualizado, tratando-se de trabalhador ao serviço de uma entidade privada;

c) Declaração de início de atividade na Repartição de Finanças, acompanhada do documento comprovativo mensal do envio de descontos para a Segurança Social ou, no caso de isenção, através daquela declaração e da apresentação do último recibo correspondente a remuneração recebida pelo trabalho efetuado, tratando-se de trabalhador por conta própria;

d) Declaração da entidade patrocinadora do curso ou do programa, atualizada, assinada e devidamente autenticada com carimbo ou assinatura reconhecida, com indicação da data de início e respetiva duração, bem como da respetiva acreditação, tratando-se de estudantes que participem em cursos de formação profissional ou programas oficiais de ocupação temporária de jovens.

 

Consultar o RAUM na Subseção II artº 31º a 34º (pág. 21131 e 21132).

 

26.  Em qualquer altura posso requerer o regime parcial?

Pode fazer esse pedido, mediante requerimento, devidamente fundamentado, apresentado nos SAUM até 30 dias após a realização da inscrição.

 

27.  Posso passar de tempo parcial para tempo integral?

Sim, a mudança de regime de estudos de tempo parcial para tempo integral é objeto de requerimento, devidamente fundamentado, apresentado nos SAUM até 30 dias após a inscrição no regime de tempo parcial.

​ 

28.  Termino a parte curricular do 1º ano do curso, o que tenho de fazer?

No final do 1º ano, se for aprovado na parte curricular, é obrigado/a apresentar um projeto de tese, acompanhado de requerimento onde indicará o(s) orientador(es), declaração de aceitação por parte do(s) orientador(es) e parecer da Comissão de Avaliação.

O requerimento referido é dirigido ao Presidente do Conselho Científico da Escola e o modelo estará disponível no site do curso.

 

29.  Depois do meu projeto ser aprovado o que faço?

O Conselho Científico notifica da aceitação do seu projeto, informando que tem 90 dias a partir da data da notificação para se dirigir à Divisão Académica para proceder ao seu registo, nos termos do artº 134º do RAUM.

 

30.  A meio do meu percurso verifico que o projeto deveria ter mais um orientador. Posso fazê-lo?

Sim, pode fazê-lo com a concordância do seu/sua orientador/a.

Apresenta um requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Científico da Escola, acompanhado de declaração de aceitação do novo orientador(a) e parecer do orientador/a efetivo.

 

31.  A meio do meu percurso verifico que o projeto segue outro tipo de investigação, e pretendo mudar de orientadores. Posso fazê-lo?

Sim, pode fazê-lo com base no artº 135º do RAUM.

Apresenta um requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Científico da Escola, acompanhado de declaração de aceitação dos novos orientadores, o plano de trabalhos, o parecer do Diretor do Programa de Doutoramento e parecer do(s) orientador(es) anterior(es).

 

32.  Posso alterar o título inicial do meu projeto?

Sim, deve apresentar um requerimento ao Conselho Científico da Escola, fundamentado, com parecer do/a orientador/a.

Após a aprovação do Conselho Científico, ser-lhe-á comunicada a decisão, e terá que proceder à alteração inicial do seu registo.

 

33.   Começo o meu projeto em português, mas com a continuação da investigação verifico que a minha tese teria mais impacto se fosse escrita numa língua estrangeira. Posso fazê-lo?

Sim, pode fazê-lo com a concordância do seu/sua orientador/a.

Deve apresentar um requerimento ao Conselho Científico da Escola, fundamentado, com parecer do/a orientador/a.

Após a aprovação do Conselho Científico, ser-lhe-á comunicada a decisão, e terá que proceder à alteração inicial do seu registo.

 

 

REDAÇÃO DA TESE E DISCUSSÃO PÚBLICA

 

34.  Encontro-me na fase de redação da tese. Onde posso ver os critérios de formatação?

No Portal Académico no link "Formatações Dissertações/Teses" através do Despacho RT-32/2005. Para o processo de composição das capas de tese de Doutoramento da Universidade do Minho, foram elaborados diversos ficheiros de apoio que se encontram disponíveis na Intranet ou no portal de alunos, mediante login, no Dossier de Imagem da Universidade. Estes documentos encontram-se no formato FH (FreeHand) possuindo cada um dos ficheiros as capas de doutoramento das diferentes Escolas/Institutos, bem como a folha de rosto (1ª página). Os templates FH disponibilizados para apoio a este processo possuem já as capas elaboradas de acordo com a norma, bastando alterar os dados em função (nome tese, nome autor, e data) de acordo com as diferentes teses.

Neste contexto, são também disponibilizados aos alunos os templates para as capas e para as etiquetas de CD-Rom.

Para a obtenção de informação adicional relacionada com a Imagem Gráfica da Universidade poderá ser contactado o Gabinete de Comunicação, Informação e Imagem, através do e-mail gcii@reitoria.uminho.pt, ou do telefone 253 60 11 09.

 

35.  Como posso ter acesso ao Software FH (FreeHand) para a edição dos ficheiros de apoio à produção das capas de Tese?

O software FreeHand, como grande parte dos programas de edição gráfica, não é facilmente acessível ao utilizador comum. Assim, nas situações em que os estudantes de pós-graduação não consigam aceder ao programa em causa, sugere-se um contacto com o local (gráfica ou reprografia) onde a impressão das capas de tese será efetuada. As entidades que prestam este tipo de serviços de impressão têm necessariamente que possuir programas de edição gráfica. Utilizando como base os ficheiros/templates em FH, terão certamente a possibilidade de editar e compor as mesmas em poucos minutos.

 

36.  Posso recorrer a outros programas, que não o FreeHand, para a composição da capa de Tese de Doutoramento?

Sim. Os ficheiros em FH que estão disponíveis na Intranet da UMinho e no portal dos alunos são apenas ficheiros de apoio que foram disponibilizados com o objetivo de facilitar o processo de composição das capas. Não são, por isso, de recurso obrigatório. O documento da Norma Gráfica, anexo ao Despacho que determina as "Normas para a Formatação das Capas de Tese Doutoramento da Universidade do Minho" disponibiliza toda a informação para que, quem quiser, possa compor a capa no formato que lhe for mais fácil utilizar. Desde que a norma seja cumprida, não há obrigatoriedade de recorrer ao FH e é indiferente qual o programa utilizado.

 

37.  Onde posso imprimir as Capas de Tese?

As capas para as Teses de Doutoramento poderão ser impressas em qualquer gráfica ou reprografia que preste este tipo de serviço, desde que a mesma assegure o cumprimento da norma gráfica. De salientar, no entanto, que a norma gráfica da Universidade do Minho obriga à utilização, inclusive nas capas das teses, da fonte/tipo de letra oficial da UMinho, o NewsGothicT.

 

38.  Como poderei ter acesso ao tipo de letra News GothicT?

A fonte NewsGothicT encontra-se disponível para download no Dossier de Imagem da Universidade do Minho, após login na Intranet ou no portal de alunos da Universidade. A fonte, depois de copiada e instalada em equipamentos, pode apenas ser utilizada em documentos relacionados com a Universidade. O tipo de letra oficial da Universidade não é disponibilizado automaticamente com os sistemas operativos dos computadores, pelo que a Universidade do Minho adquiriu um conjunto de licenças para utilização da fonte NewsGothicT, licença essa que impede a utilização da fonte para fins ou documentos externos à Universidade, bem como a permanência da fonte em equipamentos fora do contexto da Universidade do Minho.

 

39.  Como poderei ter acesso ao tipo de letra News GothicT em itálico para utilização na minha capa de tese?

A UMinho não adquiriu a fonte NewsGotT italic pelo facto de a mesma ser facilmente convertida para itálico na grande maioria dos formatos, tais como o Word, Excel e outros. No entanto, quando se utiliza o programa FreeHand, ou outro da mesma tipologia, para a edição de texto esta conversão não é concretizada de modo automático. Nestas situações, há várias soluções possíveis. No FH, por exemplo, a solução passa por converter a(s) palavra(s), ou frase, que se quer ver em itálico, em desenho/imagem, sendo depois atribuída a essa imagem uma inclinação de 10 graus.

 ​

40.  Mesmo assim não consigo. Onde posso pedir ajuda?

Pode pedir ajuda aos técnicos da Escola.

 

41.  O que preciso de fazer para a entrega da tese?

Consultando o RAUM no artº 136º. Se precisar de mais esclarecimentos entre em contacto com Secretariado da Presidência, ou através do e-mail institucional dos Doutoramentos phd@psi.uminho.pt​​​​​