Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
Ângela Maia
Doutoramento (Universidade do Minho)
Departamento de Psicologia Aplicada
 
  Professor Auxiliar com Agregação
  angelam@psi.uminho.pt
   253604611
Ângela da Costa Maia é Doutorada em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho, e docente no Departamento de Psicologia Aplicada na Escola de Psicologia da Universidade do Minho.
É Vice Presidente da Escola de Psicologia e Presidente do Conselho Pedagógico. Faz parte da direção da International Society of Behavioral Medicine, foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Saúde e Comportamento e é coordenadora da Unidade de Investigação em Vítimas, Agressores e Sistema de Justiça do Centro de Investigação em Psicologia da Escola de Psicologia da Universidade do Minho.
Integra o Conselho Científico do Centro de Recursos de Stress em Contexto Militar do Ministério da Defesa e tem sido coordenadora e co-coordenadora de projetos financiados pela Fundação de Ciência e Tecnologia, por organismos do Ministério da Administração Interna, Ministério da Saúde e Ministério da Justiça.
Tem colaborado e é coordenadora de vários projectos de investigação na área da saúde, do trauma, da justiça e da violência, sendo autora ou co-autora de dezenas de publicações nacionais e internacionais sobre estas temáticas.
Interessa-lhe compreender o impacto na saúde da exposição a experiências adversas e potencialmente traumáticas, bem como os fatores que lhe estão associados; assim como percursos da vitimização à delinquência. É ainda terapeuta e supervisora no Serviço de Psicologia da Universidade do Minho. É ainda especialista em avaliação forense em casos de avaliação do dano em processo cível.
Stress Pós traumático
Experiências adversas
Maltrato na infância: Prevalência e Impacto
Questões metodológicas no relato de experiências de vida
Publicações selecionadas
Basto-Pereira, M., Miranda, A., Ribeiro, S. & Maia, A. (2016). Growing up with adversity: From juvenile justice involvement to criminal persistence and psychosocial problems in young adulthood. Child Abuse & Neglect, 62, 63–75. DOI
Pinto, R. J., Henriques, S., Jongenelen, I., Carvalho, C., & Maia, Â. C. (2015). The Strongest Correlates of PTSD for Firefighters: Number, Recency, Frequency, or Perceived Threat of Traumatic Events? Journal of Traumatic Stress, 28, 1-7. DOI
Começanha, R. Basto-Pereira, M. & Maia, A. (2016). Clinically speaking, psychological abuse matters. Comprehensive Psychiatry, 73, 120-126. DOI
Mesquita, C., & Maia, A. (2016). A step toward a better understanding of the relationship between victimization and emotional distress: indirect effect of adult attachment and interaction with household dysfunction. Journal of Interpersonal Violence. DOI
Alves, J., Maia, A., & Teixeira, F. (2016). Health Conditions Prior to Imprisonment and the Impact of Prison on Health: Views of Detained Women. Qualitative Health Research. 26, 6, 782-792. DOI
2021/2022
A Tutela Penal dos Interesses das Crianças
Mestrado
A Vítima na Crise, Emergência e Catástrofe
Licenciatura
Dissertação
Mestrado Integrado
Estágio
Mestrado Integrado
Estudos Avançados em Psicologia Aplicada V
Doutoramento
Estudos Avançados em Psicologia Aplicada VI
Doutoramento
Formulação de Caso em Psicologia da Justiça
Mestrado
Intervenção Psicológica com Vítimas
Mestrado
Projeto de Investigação em Psicologia da Justiça
Mestrado
Psicologia Policial e das Forças de Segurança
Licenciatura
Psicopatologia, Dependências e Crime
Licenciatura
Tópicos Avançados de Criminologia
Mestrado
Vitimologia
Licenciatura
Vitimologia e Prática Forense
Mestrado