Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT

Comissões de Acompanhamento/Tese


As Comissões de Acompanhamento visam apoiar o/a doutorando/a na realização da tese de doutoramento. As Comissões de Acompanhamento pronunciam-se sobre:

a) o projeto apresentado no 1º ano. Apontam sugestões que possam contribuir para uma reflexão do/a estudante sobre opções metodológicas, questões de exequibilidade e outras que se entendam relevantes. Cabe aos estudantes acomodar as sugestões/orientações da Comissão de Acompanhamento;

b)  a execução do projeto e de possíveis desvios na sua prossecução. Esta apreciação dá lugar à emissão de pareceres anuais no final do 1º, 2º e 3º ano do doutoramento, acompanhados de uma das seguintes menções qualitativas:

·   Parecer favorável: o plano de trabalho decorre de acordo com o previsto e não suscita preocupações quanto à concretização da tese de doutoramento;

·   Parecer favorável com reservas: emitido em situações em que há alguma preocupação relativamente à evolução dos trabalhos. Este parecer deve ser encarado como um contributo da Comissão de Acompanhamento para a execução bem-sucedida do trabalho. Nestes casos, no final do semestre letivo seguinte, o/a doutorando/a deverá dar conta, junto da Comissão de Acompanhamento, do ponto em que se encontram os trabalhos.

·   Parecer desfavorável: emitido em situações em que se verifica um desvio significativo no plano de trabalhos, com provável comprometimento da sua realização. Traduz-se na reprovação na Unidade Curricular Projeto de Investigação/Tese.

 

Nos dois últimos casos a Comissão de Acompanhamento deve justificar a menção e propor medidas para corrigir a situação. Salvo casos excecionais, se não for emitido anteriormente um parecer "Favorável com reservas", a Comissão de Acompanhamento não deve atribuir um parecer desfavorável.

 

Organização

Ao longo dos três anos do Programa de Doutoramento em Psicologia Aplicada estão previstas quatro reuniões das Comissão de Acompanhamento. A 1ª reunião realiza-se no final do primeiro semestre (ver tabela com indicação do documento a enviar). A Comissão de Acompanhamento colocará questões, podendo apontar pontos fortes, fragilidades e efetuar sugestões sobre o projeto de investigação (Tempo aproximado: 15 minutos). O/a estudante disporá de tempo idêntico para responder às questões/sugestões/ comentários (Tempo aproximado: 15 minutos). Nesta Comissão de Acompanhamento não há lugar à emissão de um parecer.

A 2ª, 3ª e 4ª reuniões da Comissão de Acompanhamento terão lugar no final do 2º, do 4º e do 6º semestres do Programa Doutoral. Não há lugar a uma apresentação formal por parte do/a doutorando/a, iniciando-se as reuniões com as questões/sugestões da Comissão de Acompanhamento (tempo aproximado: 15 minutos), tendo por base o relatório de atividades apresentado para o efeito pelo/a estudante. Segue-se a resposta/reflexão sobre as mesmas pelo/a estudante (tempo aproximado: 15 minutos).

Nas sessões das Comissão de Acompanhamento em nenhuma é esperado que o estudante faça uma apresentação. Todas as sessões são públicas.

 

Composição da Comissão de Acompanhamento

A Comissão de Acompanhamento será composta pelo/a orientador/a, por um elemento sugerido pelo/a orientador/a, e por um elemento sugerido pela Comissão Diretiva. Esta Comissão de Acompanhamento deve manter-se constante do 1º ao 3º ano, salvo motivos de força maior.


Calendarização e procedimentos

Atividades programadas
Calendarização
Procedimento
Constituição da CA
Até  30 de novembro

Comunicada pelo/a orientador/a ao/à Diretor/a do Programa de doutoramento

Enviar para: phd@psi.uminho.pt

Aceda aos documentos 

Envio do projeto de doutoramento pelo/a estudante na versão, à data, mais atual17 de fevereiro
Enviar para phd@psi.uminho.pt
1ª Reunião da CA (1.º semestre)24 de fevereiro a 03 de março
Agendada e comunicada pelo/a orientador/a

Elaboração e envio do 1.º relatório anual de atividades

(relativo às atividades realizadas no 1.º e no 2.º semestres)

1/12 a 10/12

Enviar para:

phd@psi.uminho.pt

Deve ser acompanhado:

a) do projeto reformulado

b) de um cronograma que contemple o 1.º, o 2º e o 3.º ano do doutoramento

2ª Reunião da CA (2.º semestre)
15 de junho a 30 de junho
Agendada e comunicada pelo/a orientador/a
Elaboração e envio do 2.º relatório anual de atividades (4.º semestre) (relativo às atividades realizadas no 3.º e no 4.º semestres)1/12 a 10/12

Enviar para:

phd@psi.uminho.pt

3ª Reunião da CA
16 de junho a 30 de junho
Agendada e comunicada pelo/a orientador/a
Elaboração e envio do 3º relatório anual de atividades (6º semestre)(relativo às atividades realizadas no 5º e no 6º semestres)1/12 a 10/12

Enviar para:

phd@psi.uminho.pt

 

Orientações para a elaboração dos relatórios de atividades

Os relatórios anuais a elaborar pelos/as estudantes tem como propósito descrever as atividades previstas e realizadas, possíveis desvios e medidas adotadas para os corrigir, bem como previsão das tarefas a realizar no ano subsequente. Os relatórios devem permitir à Comissão de Acompanhamento perceber a natureza do trabalho realizado, tendo em conta as tarefas previstas. É um documento essencialmente descritivo. Não é esperado que inclua, por exemplo, secções da tese relativas à revisão da literatura, ao método, aos resultados ou outros. As tarefas a realizar durante os três anos do Programa Doutoral variam no tempo, tendo, consequentemente, expressão na elaboração do relatório anual de atividades. (Modelo de relatório de atividades)